Catastrofe Na Escola: A Negacao Consentida de Direitos Cleberson Eduardo Da Costa

ISBN: 9781479240425

Published: September 1st 2012

Paperback

152 pages


Description

Catastrofe Na Escola: A Negacao Consentida de Direitos  by  Cleberson Eduardo Da Costa

Catastrofe Na Escola: A Negacao Consentida de Direitos by Cleberson Eduardo Da Costa
September 1st 2012 | Paperback | PDF, EPUB, FB2, DjVu, talking book, mp3, ZIP | 152 pages | ISBN: 9781479240425 | 4.38 Mb

CATASTROFE NA ESCOLA - A obsolescencia programada, baluarte da globalizacao e um dos principais fundamentos do mundo neo-pos-moderno capitalista, trouxe para a sociedade planetaria problemas que ela nao soube resolver. Problemas estes relacionadosMoreCATASTROFE NA ESCOLA - A obsolescencia programada, baluarte da globalizacao e um dos principais fundamentos do mundo neo-pos-moderno capitalista, trouxe para a sociedade planetaria problemas que ela nao soube resolver.

Problemas estes relacionados nao somente as questoes humanas, sociais e economicas, frente ao individualismo do capital, mas tambem e, sobretudo, problemas ambientais, do mundo fisico, frente a mercantilizacao de todas as coisas, materiais e imateriais, na busca antietica pelo lucro certo a qualquer preco. Nesse cenario de catastrofes humanas, sociais e ambientais, surge e apresenta-se outra catastrofe: a catastrofe da escola. Ou seja, numa era onde se impera a etica do individualismo e da meritocracia, como sendo, de fato, sinonimos da justificativa da exclusao, a escola se torna ideologica, na medida em que e especificamente concebida pelo estado capitalista como o lugar onde os preceitos de humanizacao e emancipacao intelectual sao abortados, dinamitados, e, numa outra via, sistematizado o corolario capitalista como sendo seu conteudo etico pedagogico.

A globalizacao, ao mesmo tempo, que trouxe a possibilidade de mostrar os diferentes e/ou as diferencas culturais planetarias, nos seus diferentes povos, por outro lado, associada as politicas capitalistas de expansao de mercados consumidores, paradoxalmente potencializou o desenvolvimento do individualismo, do consumismo, do hedonismo anti-virtuoso, do narcisismo, do genocidio, do xenofobismo e dos nacionalismos, levando a sociedade para longe da capacidade de coexistir, de tolerar, de respeitar as diferencas.

Nesse sentido, a desumanizacao imperou como conteudo etico capitalista em escala global, planetaria, sob a insignia de republicas democraticas capitalistas, comparadas a democracia Ateniense, do mundo Grego, onde aproximadamente noventa por cento dos habitantes nao eram considerados cidadaos plenos e, portanto, nao participavam dos rumos, das decisoes da polis, por questoes nacionalistas, de autoctonia, anticosmopolitas, visando a autopreservacao. A volta a esse tipo de nacionalismo xenofobico, exacerbado e centrado em si, de gloria do eu mesmo e de desprestigio do outro, por meio dessa globalizacao capitalista, entrou pelas veias dos diferentes povos, como uma especie de chip da ignorancia contra os diferentes e as diferencas, contra os estrangeiros, contra os ditos estranhos, contra os ditos inimigos em potencial, contra os nao Eus que, pela globalizacao, passaram a ter que enxergar, sistematizando a sociedade dos mesmos, transformando, pela coacao, pela educacao ou pela coercao, o outro no mesmo.

Principios de sustentabilidade, biodiversidade, educacao ambiental, tolerancia e respeito as diferencas passaram entao a ser perseguidos como ideias biofilo por uma pequena parcela social e, por outro, por parte dos capitalistas, tentando mascarar suas reais responsabilidades, jogando a solucao desses problemas para a propIa sociedade, sabendo que a mesma nao tem condicoes de resolve-los. Redefinicoes no carater da educacao, no papel da escola e no que diz respeito a funcao social do professor, passaram a soar como um imperativo, na medida em que a condicao humana desumanizada passou a ser percebida como um produto da sociedade do capital, demonstrando a impotencia da escola no enfrentamento desse problema.



Enter the sum





Related Archive Books



Related Books


Comments

Comments for "Catastrofe Na Escola: A Negacao Consentida de Direitos":


lifeandtimesofchantel.com

©2014-2015 | DMCA | Contact us